Jovem Advocacia

Composição

Presidente

Ricardo Rocha e Silva

Vice-Presidente

Lucas Emanuel Bueno D´Avila

Secretária

Nicleide Alexandre de Freitas Cardoso Montrezol

 

Membros

Amanda Gonçalves Penna

Ana Paula Jesuino dos Santos

Angela Llase Gonçalves

Beatriz Dominguez Mazeto

Bianca Angelica Figueiredo
Carlos Eduardo Gomes Ribeiro

Chrislley Thannyer Gama

Edson de Souza Gomes

Gleyce da Silva Carvalho
Katia Alencar Benevenuto Caetano
Maria Carolina da Silva Pacheco

Marianne Helena Durval Soares
Pedro Valerio da Silva Meirelles
Rayssa Alves Rodrigues
Ricardo Pedro da Silva
Sergio Henrique Anacleto Cardoso

Thais Aparecida Higa

Thalita Santos Oliveira

Vando Lucas de Moraes

Wellington Luiz Ferreira da Silva

 

 

Atributos

Promover a integração e participação dos jovens advogados nos destinos da Ordem, apoiando e organizando ações que mobilizem, na instituição, questões de relevância para o desenvolvimento das atividades profissionais dos advogados em início de careira, como também a difusão da justiça e cidadania na nossa sociedade.

Incentivar as novas gerações para compartilhar e difundir os valores defendidos pela entidade de classe.

Preparar os novos inscritos, fazendo com que o jovem conheça a OAB e dê importância à mesma, contribuindo para o aperfeiçoamento da profissão, estimulando a vida associativa como passo fundamental para a formação dos quadros que conduzirão a Entidade no futuro.

Incrementar a troca de experiência entre advogados, advogados em início de carreira e estagiários, propiciando a eles reflexão sobre questões institucionais que a Ordem tem como permanentes, abrindo espaço para a participação dos jovens advogados.

Estimular o surgimento de novas lideranças de classe.

Incentivar o estudo e aperfeiçoamento permanentes, por meio de palestras, seminários, simpósios, painéis, conferências, encontros, congressos e reuniões, possibilitando ao jovem advogado assimilar diferentes experiências de vida, inclusive com o desenvolvimento da prática forense, fazendo com que as dificuldades iniciais da advocacia sejam amenizadas e superadas no menor prazo.

Divulgar, conscientizar e estimular os jovens advogados sobre a importância do aprimoramento profissional e de suas prerrogativas, como também o respeito ao Estatuto da Advocacia, Código de Ética e Disciplina, Regulamento Geral e Tabela de Honorários Profissionais, sendo estes os instrumentos legais que alicerçam o exercício da advocacia.

Difundir a necessidade de uma postura ética e uma visão humanística no exercício profissional.