Comissão da Jovem Advocacia

Composição

Presidente

Lucas Emanuel Bueno D´Avila

Portaria nº 019/2022/PR, de 10 de janeiro de 2022.

Vice-Presidente

Leonor de Melo Bressane

 

Secretária

Angela Llase Gonçalves

 

Membro Efetivo

Alicia Moreira Garcia

Barbara Gimenez dos Santos

Bianca Angélica Figueiredo

Bruna Giovanna Assis Ginante

Carlos Eduardo Vieira Maria

Cecilia Dutra de Almeida Silva

Chrislley Thannyer Gama

Cristiane de Farias Souza

Edmon Grusiecki de Lima Segundo

Giovanna Rossy Teixeira

Gleyce da Silva Carvalho

Guilherme Calderon Moreschi

Heidy de Fátima Alves da Silva

Hugo de Oliveira Nogueira

Igor de Vasconcelos dos Santos

Kaio Ossivio Tavoni Poppi

Lucas Pedro Ferauche Buziquia

Matheus Gomes dos Santos Alves

Melissa Rocha Melo

Nicleide Alexandre de Freitas Cardoso Montrezol

Pedro Valério da Silva Meirelles

Rafaele Mariane Martins Cordeiro

Sabrina Ferreira Lemos

Samela Majdalani de Amorim Ferreira Nardes

Silvana Maria Dias Schroeder

Thabata Amanda de Mattos Baracho

Tainara Gomes de Deus

Wellington Luiz Ferreira da Silva

Portaria nº 061/2022/PR, de 11 de fevereiro de 2022.

Portaria nº 131/2022/PR, de 8 de julho de 2022.

Atributos

Promover a integração e participação dos jovens advogados nos destinos da Ordem, apoiando e organizando ações que mobilizem, na instituição, questões de relevância para o desenvolvimento das atividades profissionais dos advogados em início de careira, como também a difusão da justiça e cidadania na nossa sociedade.

Incentivar as novas gerações para compartilhar e difundir os valores defendidos pela entidade de classe.

Preparar os novos inscritos, fazendo com que o jovem conheça a OAB e dê importância à mesma, contribuindo para o aperfeiçoamento da profissão, estimulando a vida associativa como passo fundamental para a formação dos quadros que conduzirão a Entidade no futuro.

Incrementar a troca de experiência entre advogados, advogados em início de carreira e estagiários, propiciando a eles reflexão sobre questões institucionais que a Ordem tem como permanentes, abrindo espaço para a participação dos jovens advogados.

Estimular o surgimento de novas lideranças de classe.

Incentivar o estudo e aperfeiçoamento permanentes, por meio de palestras, seminários, simpósios, painéis, conferências, encontros, congressos e reuniões, possibilitando ao jovem advogado assimilar diferentes experiências de vida, inclusive com o desenvolvimento da prática forense, fazendo com que as dificuldades iniciais da advocacia sejam amenizadas e superadas no menor prazo.

Divulgar, conscientizar e estimular os jovens advogados sobre a importância do aprimoramento profissional e de suas prerrogativas, como também o respeito ao Estatuto da Advocacia, Código de Ética e Disciplina, Regulamento Geral e Tabela de Honorários Profissionais, sendo estes os instrumentos legais que alicerçam o exercício da advocacia.

Difundir a necessidade de uma postura ética e uma visão humanística no exercício profissional.